Leuviah

Leuviah

Nome: Leuviah, "Deus que ajuda os pecadores".

Refrão: Tronos, Anjos ao serviço de Binah-Ley.

O que ele dá:

  •     Para obter a graça de Deus no domínio da fertilidade.
  •     Recuperando a memória e lembrando-se de coisas esquecidas.
  •     Resistindo à adversidade com a demissão.
  •     Aumenta a inteligência e a compreensão.
  •     Superar o desespero e a agitação moral. A alegria supera a tristeza.

Lição: Faça bom uso de sua imaginação criativa

Planeta: Urano.

Sefirah: Hojmah.

Horário de Regência: das 6 às 6:20 da manhã.

É invocado por:

  • Proporcionar-nos inspiração poética e artística.
  • Concedendo-nos a graça divina de sermos fecundos.
  • Aumentar nossa memória e inteligência.

Citação bíblica:

Ele me puxou para fora do poço da morte,
da lama e do pântano;
colocar meus pés em uma pedra,
e me plantou em terreno sólido.

Salmo 40:2

Os nascidos sob sua regência:

[sociallocker id="356″] Ele é gentil, alegre, modesto em suas palavras e em seus modos. Ele suportará todas as adversidades com paciência e resignação porque ele sabe que esta é uma forma de evolução material e espiritual. Extremamente curioso, ele está disposto a aprender com qualquer experiência que tenha tido. Ele terá refinamento cultural, amará a música, a poesia e as artes em geral. Ele terá proteção angélica contra os adversários ou aqueles que querem prejudicá-lo e esta proteção é uma grande parede de luz etérica invisível aos olhos das pessoas comuns. Ele terá controle total sobre os acontecimentos de sua vida e alcançará a graça de Deus quando permanecer firme e determinado na luta por seus ideais [/sociallocker].

LEUVIA: "A VERDADEIRA MEMÓRIA".

Leuviah tinha tudo o que um jovem de sua idade poderia desejar, uma família que o amava, amigos com quem brincar e era adorado pelas meninas de sua escola.

Entretanto, ele não estava totalmente feliz, apenas uma coisa o impedia de fazê-lo, apenas sua má memória.

Ele não se importou muito se era apenas importante para ele estudar, ele passou o dobro do tempo que seus colegas de classe, mas no final ele conseguiu, embora com esforço, passar. O que mais o preocupava era que ele não se lembrava de nada sobre sua infância, parecia que nunca havia sido pequeno e isso o fazia sentir-se um pouco perdido.

Às vezes ele se consolava quando via, sem nenhuma decepção, como havia esquecido as coisas mais elementares.

Ele falava e se comprometia com seus amigos para fazer as coisas e depois não se lembrava de nada, e muitas vezes eles se zangavam com ele, mas o que eles não sabiam era que aquele que mais se punia a si mesmo era o mesmo por não poder se lembrar.

Este problema o obcecou a tal ponto que ele sofreu pesadelos durante o sono. Uma noite, quando sua alma estava em trânsito pelo Mundo dos Sonhos, ele teve uma experiência que mudaria toda a sua vida. Mas vamos ver o que aconteceu com ele.

Ele se viu em uma sala muito escura, acesa apenas por uma vela que emitia uma luz tênue. Embora ele se reconhecesse, seu rosto representava a idade. Ele se deitou de joelhos e segurou uma espada afiada em sua mão. De repente, suas mãos se levantaram e a arma entrou em seu corpo, acabando com sua vida.

Lauviah sofreu uma forte impressão, mas essa voz veio para tranquilizá-lo.

-Lauviah, olhe para aquele corpo e veja o que vai acontecer.

Assim como o jovem atordoado e viu uma forma de luz saindo dele, era a mesma, mas brilhante. Essa luz tomou um caminho que o esperava e nele encontrou um instrutor que lhe explicou que havia cometido um erro grave e que para retificá-lo deveria nascer de novo e morrer de novo, porque essa morte suicida havia interferido em sua evolução, fazendo-o esquecer tudo o que havia aprendido, e se não voltasse logo para aquele mundo, não seria capaz de devolver a memória do que havia aprendido.

Desta forma Leuviah viu como aquela luz brilhante reencarnou em um novo corpo que a abandonou quando contou apenas algumas horas de vida, voltando novamente para aquele mundo de luz. Já dentro dele, aquela alma recebeu a memória que perdeu, advertindo-o:

- Quando você nascer de novo você esquecerá coisas, talvez muitas coisas, mas esteja certo de que não esquecerá nada. A vida nunca deve ser tentada!

Leuviah despertou muito impressionada, mas feliz. Ela não se preocupava mais em esquecer algumas coisas, pois tinha sido capaz de se lembrar das coisas mais essenciais.

Fim

13 pensamentos sobre "Leuviah"

  1. Estes anjos não correspondem aos das outras páginas de acordo com as datas de nascimento!

  2. LUIS ALBERTO

    Me deu um arrepio e admiração quando a vi dizendo "mas tenha certeza de que você não vai esquecer algo contra a vida, você nunca deve tentar!, sempre pensei a mesma coisa, mas não sabia de onde vinha este legado.
    Talvez seja por isso que eu seja contra o aborto. Respeitando aqueles que o fazem, mas não está em mim.

  3. Eu acredito em tudo que está no céu... porque tudo que está no céu já existe e é real. Só Deus é perfeito.

  4. ACREDITO NOS ANJOS, A PARTIR DE AGORA INVOCAREI MEU ANJO LEUVIA. OBRIGADO POR ME ACEITAREM!

  5. EUGENIA MARGARITA

    ACREDITO QUE TEMOS UM ANJO DESTINADO POR UM PODER SUPERIOR, EU O PERCEBI E ÀS VEZES NÃO AGI DE ACORDO, EU ESCOLHI E SOFRI MUITO POR CAUSA DESSA ESCOLHA.

  6. Elizabeth Guerra

    Gostaria de receber estas informações pelo correio, pois é o Anjo Protetor de minha filha.

  7. jaime alberto acevedo carvajal

    ❗ Espantado o mundo angélico tem suas razões em todos os aspectos religiosos, eles estão lá na nossa frente, mas é como o mar maravilhoso quando você o vê. mas misterioso, enigmático e desconhecido; mas ele é real.

  8. A história é muito boa, eu acho, eu também sou esquecido e às vezes me preocupo, embora a agenda seja muito útil para a vida cotidiana.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BR
Rolar para cima